Please reload

Posts Recentes

Neste espaço iremos apresentar novidades sobre diagnósticos, possíveis tratamentos e tudo que puder orientar e ajudar pacientes e familiares. Em linha...

Bem vindos ao Blog dcjBRASIL!

February 13, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

Primeiro teste de anticorpo artificial como tratamento em um paciente de DCJ

26 Oct 2018

Já foi abordado em outros posts possíveis terapias para as Doenças Priônicas. Cada uma com sua estratégia para desacelerar o processo ou mesmo impedir que a doença se desenvolva. Dentre essas, o uso de anticorpos que anulem/silenciem a proteína príon sempre foi vista como uma das mais promissoras estratégias como terapia/cura.

 

Dentre diversos anticorpos, o PRN100, o equivalente humano para o anticorpo de camundongos ICSM-18, é um dos mais fortes candidatos. Esse anticorpo é artificial e foi desenvolvido para evitar que a príon se converta em sua forma patogênica, a príon scrapie. Infelizmente, não é um composto licenciado e ainda não há previsão de um teste clínico com pacientes para testar a eficiência desta droga.

Entretanto, o Governo do Reino Unido permitiu o uso deste anticorpo em um paciente por circunstâncias especiais. Esse tipo de ação permite que profissionais de saúde tratem pacientes mesmo com algo não licenciado/comercial. Visto que não há cura e o tratamento é apenas sintomático.

 

O PRN100 será administrado de forma intravenosa. Inicialmente será administrada uma baixa dosagem e o paciente será monitorado para avaliar a resposta. Após essa etapa, a equipe médica irá decidir se vai continuar com mais sessões ou se a dose será aumentada. Essa equipe de análise da situação do paciente será independente para evitar distorção na análise. Não se sabe se este composto tem efeitos colaterais e de que tipos/gravidade, uma vez que esta é a primeira vez que uma pessoa irá tomá-lo.

 

Por fim, gostaria de deixar claro que esse teste é pontual e não há perspectiva de um teste clínico com outros pacientes. Há uma grande expectativa que envolve este composto uma vez que estudos, sem envolvimento de pessoas, tiveram respostas satisfatórias. Resta esperar esse ensaio e aguardar outros estudos que estão sendo desenvolvidos nessa área para que possamos ter uma terapia eficaz ou até mesmo a cura para as doenças priônicas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 por dcjBRASIL