ATENÇÃO!!! Em hipótese alguma se deve falar em “vaca louca” ou mesmo “forma humana da vaca louca”.  Pode parecer uma forma simples de explicar aos familiares, entretanto esse termo trás consigo, além de um erro científico, um estigma desnecessário, confundindo familiares e população em geral.  

Cabe aqui lembrar que as doenças priônicas são de Notificação Compulsória imediata, tendo suas implicações legais previstas. Os casos devem ser notificados assim que se tiver suspeita de ser DCJ.  Converse com o (a) profissional de saúde que atendeu seu familiar e o (a)  questione se foi feita a notificação. Após o caso ser notificado, o fluxograma será iniciado pela Secretária Estadual de Saúde a fim de assegurar o melhor apoio possível para os pacientes, familiares e profissionais de saúde que precisam de maiores informações visto a raridade dessas doenças. 


Os pacientes de doença priônica não podem ter cirurgias ou outras intervenções médicas negadas, a não ser por outras condições além da própria doença priônica. Profissionais de saúde devem manter o maior cuidado e zelo ao tratar desses casos. A equipe dcjBRASIL está disponível para dar o maior suporte possível através de diversos canais na internet, além de visita pessoal em casos específicos.

A ficha de notificação individual para doenças priônicas deve ser totalmente preenchida. Em caso de dúvidas, o profissional de saúde deve procurar o órgão competente para a melhoria na notificação. Maiores orientações estão disponíveis na sessão voltada para profissionais de saúde, que pode ser acessada no menu ao lado.

Notificação

© 2017 por dcjBRASIL